Escrever


Saber escrever é mais
do que seguir regras frias.
Escrever é saber brincar com as palavras
de um jeito que cative e emocione
qualquer coração.

Mariana Borges

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Vazio

Por vezes o vazio invade.
Invade a vida,
Invade o peito,
Invade a alma.

Por vezes o vazio invade.
E não é capaz de nos mostrar a realidade.

Por vezes o vazio invade.
Invade sem avisar,
Invade sem lamentar.
Lamentar os estragos,
Que a longo prazo fará.

Por vezes o vazio invade.
E não há lugar no mundo,
que se possa ficar.

O vazio é capaz de tomar qualquer coração.
Não importa qual seja a direção.
Basta ter permissão,
que assim será.


Mariana Borges

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Cicatrizes


Cicatrizes sempre vão doer,
mesmo que o tempo passe.
Elas sempre estarão ali
para nos lembrar de como fomos fortes.

Cicatrizes sempre vão incomodar,
mesmo que deixemos de olhá-las,
mesmo que tentemos esquecê-las.

Cicatrizes nunca passarão de cicatrizes,
de tristes marcas que o passado nos deixou.

Cicatrizes sempre vão machucar,
sempre vão nos fazer lembrar.

Cicatrizes existem para nos mostrar que vivemos,
que sobrevivemos e que estamos aqui.

Cicatrizes são as marcas mais visíveis das lutas que tivemos,
e que ganhando ou perdendo conseguimos sobreviver a elas.

Cicatrizes não são mortais;
só serão se você quiser que sejam.

Cicatrizes são a prova viva de que aquilo que nos machucou,
que nos entristeceu e que nos magoou existiu, mas ficou para trás.

Cicatrizes sempre serão cicatrizes,
mesmo que tentemos evitá-las,
mesmo que as reneguemos,
elas sempre estarão ali nos observando.


Mariana Borges